Publicado em Deixe um comentário

Controle de estoque: a importância de se organizar

É de conhecimento de todos que manter um controle de estoque bem organizado faz toda a diferença para o sucesso de um negócio, independente de qual seja o segmento

Com o planejamento correto do estoque, é possível aumentar o número de vendas, reduzir o custo de perdas e acelerar o faturamento da empresa. 

Mesmo que o seu negócio seja virtual, como um e-commerce, é importante ter o controle de estoque em dia, para ter o melhor gerenciamento de mercadorias possível. 

Como o controle de estoque é um dos setores principais de um negócio, é preciso aprender as principais maneiras de montá-lo. 

Pensando nisso, nós fizemos este post com dicas de como montar o controle de estoque dos seus produtos. Confira só!

Como montar um estoque inicial? 

Se você está começando um negócio e ainda não sabe como organizar seu estoque inicial, essa dica é para você. 

Para começar com o seu estoque, é preciso focar na quantidade de produtos, em vez 

da variedade. 

Isso porque, quando você está começando, conseguir vender vários produtos variados pode ser mais difícil, sendo mais vantajoso priorizar o estoque dos produtos que vendem mais.

Portanto, faça uma boa análise do seu público-alvo e escolha os produtos que possuem maior potencial de venda para construir o seu estoque inicial. 

Com o decorrer do tempo, você vai poder analisar quais produtos estão vendendo bem e assim aumentar o seu estoque, buscando mercadorias diferentes para potencializar seu negócio. 

Como organizar o estoque?

Depois que você definir quais produtos adquirir e armazenar, o próximo passo será manter a organização do estoque, lembre-se de abrigar seus móveis e objetos sempre sob uma cobertura ou um toldo para dar a devida proteção aos seus bens.

Existem diversas formas de se organizar um estoque e ter atenção sobre cada um é essencial, veja só algumas:

1. Estoque de antecipação ou sazonal  

Datas festivas e comemorativas, como o Natal e a Black Friday, costumam elevar bastante o número de vendas nos comércios. 

Por isso, é importante antecipar seu estoque de acordo com as datas sazonais, para que você possa ter as mercadorias disponíveis e suprir o aumento da demanda

Esse antecipamento pode ser feito através de cálculos, utilizando a média de venda dos anos anteriores ou fazendo uma pesquisa sobre o percentual do aumento de vendas que o seu segmento tem para cada data.

2. Estoque de proteção

O estoque de proteção serve para cobrir possíveis imprevistos, que possam comprometer o estoque ou a venda de produtos, como por exemplo greves ou escassez de um produto no mercado. 

3. Estoque mínimo

O estoque mínimo serve para determinar antecipadamente a quantidade mínima de produtos que seu negócio precisa ter para atender as solicitações de compra de cada mercadoria. 

4. Estoque médio

O estoque médio se refere à metade do lote médio de produtos que são necessários para o seu negócio, sendo geralmente o número que você vai trabalhar. 

5. Estoque máximo 

O estoque máximo é o limite de mercadorias que o seu estoque pode ter, seja por questão de espaço ou por motivos financeiros.

Quando seu estoque chega nesse número, deve ser feita a pausa na aquisição de novos produtos. 

6. Estoque consignado 

Uma boa opção para quem não deseja se preocupar tanto com o estoque, é utilizar o estoque consignado. 

No estoque consignado, os produtos e as mercadorias são armazenadas por terceiros, como fornecedores, fabricantes, distribuidores e importadores. 

Neste caso, os produtos são disponibilizados após uma venda ser efetuada. 

Como manter o controle do estoque?

O controle de estoque requer bastante organização e planejamento, para saber quais produtos estão vendendo, quais precisam ser repostos e por assim em diante. 

Para que o seu estoque tenha a melhor performance, é preciso seguir os seguintes passos:

1. Saiba a demanda dos seus produtos

Cada produto possui um fluxo de venda diferente, sendo necessário comprar quantidades diferentes para cada um, 

Por isso, é importante ter uma planilha controle de estoque, que contenha a demanda para cada categoria e o número de vendas. 

Assim, fica muito mais fácil manter o controle das mercadorias, evitando que os produtos fiquem parados ou em falta. 

2.  Tenha um inventário do estoque

O inventário serve para listar as categorias de produtos e a quantidade que cada um tem disponível, sendo indispensável para manter o controle. 

Dessa forma, você consegue conferir as entradas e saídas, controlando o fluxo e a reposição de mercadorias. 

3. Automatize os processos

Com a vinda da tecnologia, muitos processos passaram a ser automatizados, o que facilita em manter o controle do estoque.

Existem vários softwares e programas que fazem a atualização do inventário de forma automática, o que ajuda ainda mais a manter o controle. 

4. Otimize o estoque

Ter definido a quantidade ideal de produtos faz toda diferença para o bom controle do estoque. 

Por isso, otimize o processo de rotatividade de mercadorias e analise a necessidade de reposição para cada categoria, mantendo sempre um número adequado para cada produto, de uma forma que todo o armazenado possa ser bem aproveitado.

5.  Calcule os custos de armazenamento

Calcular os custos de armazenamento é muito importante para controlar o estoque, porque você pode estar tendo gastos desnecessários. 

Se você possui um custo de armazenamento muito alto, porém o seu fluxo de vendas ainda é baixo, é preciso avaliar novas opções, buscando sempre a melhor eficiência. 

Ao começar um negócio, procure por espaços menores e que estejam dentro do seu orçamento, comportando seu estoque inicial, e aos poucos você pode ir evoluindo o seu armazenamento e procurando novos espaços. 

Importância da gestão de estoque

Com um estoque bem organizado, você consegue obter diversas vantagens para o seu negócio, como:

  • custo adequado de investimento;
  • alto retorno das vendas;
  • cobertura de altas demandas;
  • organização para suprir suas necessidades de venda;
  • baixo custo de aquisição de novos produtos;
  • maior controle sobre saídas e entradas. 

E essas são apenas alguns dos benefícios que o controle de estoque pode trazer para a sua empresa. 

Por isso, procure administrar seu estoque e controlar os seus produtos, para manter a eficiência do seu negócio. 
E se você possui um supermercado e procura por dicas de organização, aproveite e dê uma olhada em nosso post de Como organizar prateleiras de supermercado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *