Publicado em Deixe um comentário

4 tendências no mercado de delivery para os próximos anos

delivery

Hoje não existem dúvidas de que o sistema de delivery é o método de pedir comida mais popular do mundo. Claro que ele sempre foi um método popular mesmo quando ir em restaurantes era uma opção, mas com a necessidade que os tempos de pandemia trouxeram tudo mudou e se intensificou, fazendo com que tudo o que engloba o mundo do delivery evoluísse de forma nunca antes vista.

Essas mudanças não só mudaram nosso presente, mas abriram um grande leque de possibilidades para o futuro, por isso hoje vamos falar das X tendências no mercado de delivery para os próximos anos.

1 – O mundo sustentável

A pandemia nos trouxe uma dura verdade à tona: O mundo não precisa de nós. A humanidade perdeu milhões de pessoas, e isso não trouxe impacto negativo nenhum para o meio ambiente ou o planeta como um todo. O que significa que está na hora de nós começarmos a firmar uma parceria mais longa e duradoura com ele. O mundo dos deliverys parece ser um segmento que fará isso, já que existem muitos métodos para isso.

Infelizmente, não existe setor do mundo que não use materiais que não são biodegradáveis, e o delivery é um dos mais problemáticos no assunto. Desde sacolas plásticas a canudos e embalagens em geral feitas de material que pode levar anos e anos para se decompor. Por tanto a evolução para o uso de materiais mais amigáveis à natureza é uma necessidade urgente.

Que vai se tornar mais urgente ainda quando pesar no bolso dos comerciantes, já que essa tem se tornado uma demanda dos próprios clientes uma vez que a consciência sobre nossos estragos a natureza vem crescendo ao ponto de no futuro, muitas pessoas boicotarem empresas que insistirem em material poluente. Portanto essa é uma tendência que não só salvará o planeta como também a renda dos comerciantes. Não é legal que precise chegar a tanto para pensarmos no planeta, mas ao menos algo bom sairá dessa pressão.

2- Pagamento agilizado

Quando pensamos que o mundo não pode ficar mais rápido do que já é, ele acelera ainda mais através meios que nem imaginamos possível acelerar. Claro, isso traz praticidade para o dia a dia, e quando estamos falando de delivery praticidade e rapidez são dois fundamentos que carregam o seguimento nas costas. Um dos momentos onde mais perdemos tempo em entregar é na hora do pagamento. E acredite, não estou falando do dinheiro e do tempo gasto para conferir o troco. Mas todos sabem como é frustrante a demora para a máquina de cartão passar pois não está conseguindo sinal. Esse é um ponto onde ainda teremos muita evolução pela frente.

Aplicativos de banco e transferências digitais em tempo real serão algo que encurtará o tempo gasto com o pagamento, uma vez que a tendência é que mesmo os cartões não sejam necessários, uma vez que os próprios celulares poderão fazer a transferências das formas mais modernas e velozes possível. Pagando rápido, o entregador pode seguir rápido para sua próxima entrega, e o seu pedido não esfria.

3 – Delivery de TUDO!

Dentre as 4 tendências no mercado de delivery para os próximos anos, essa vem para abrir os olhos de alguns comerciantes. Quando falamos em delivery inevitavelmente focamos a nossa atenção em comida, mas nos dias de hoje o ramo alimentício tem tido que dividir seu protagonismo com outros setores.

Quais outros você pode se perguntar? Bem, TODOS os outros. Hoje basicamente não existe setor que não entregue. Através do aplicativo certo não há absolutamente nada que não possa ser pedido e entregue na porta da sua casa.

Um bom exemplo desse segmento é o aplicativo Rappi, que fez sucesso em toda américa do sul exatamente pela sua capacidade de trabalhar com todo tipo de entrega imaginária. Claro, a empresa faz incontáveis trabalhos para restaurantes, mas nunca se limitou a isso. O Rappi pode te trazer um sanduíche com a mesma velocidade com que pode te trazer uma lata de tinta ou levar para você um documento no cartório. Não há limites para o que eles podem te levar.

Isso obviamente traz benefícios para lojas que muitas vezes nem pensaram em fazer delivery de seus produtos. Eles agora têm a chance de firmarem uma parceria através de um simples cadastro feito no site da Rappi, onde especificam com qual ramo trabalham, e em seguida recebem o suporte e a orientação correta para começar a ter seus produtos levados para onde alguém precise, e claro, queira pagar por isso.

4 – Cozinha compartilhada

Praticamente todas as cidades do brasil viveram o momento em que o delivery era a única opção dos bares e restaurantes venderem seus produtos. O que significa que por um período de tempo, 100% do lucro de um comerciante estava vindo de entregas. O que tornava seu espaço físico quase inútil.

Esse foi o momento onde alguém percebeu que se as coisas poderiam ser assim na pandemia elas poderiam continuar sendo assim depois. Logo, os espaços físicos não eram mais uma obrigação e hoje existem restaurantes que apenas fazem delivery por livre escolha. Mas claro, manter uma cozinha não é barata, e daí surgiu a ideia de dois ou mais restaurantes dividirem o mesmo espaço. Todos poderiam dividir os gastos como aluguel e manutenção de certos equipamentos, fazendo uma economia e podendo focar no serviço de produção e entrega. A união faz a força, e nesse caso, faz economia. Sem dúvida uma das mais fortes das 4 tendências no mercado de delivery para os próximos anos.

Claro que além dessas 4 tendências no mercado de delivery para os próximos anos, haverá outras que mal podemos imaginar, e parte da graça está em deixarmos o futuro nos surpreender. E quando o assunto é um segmento tão amplo e mundial como o delivery, mal podemos esperar pelo o que vem por aí.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *