Publicado em Deixe um comentário

Você conhece a arquitetura de automação residencial ou arquitetura inteligente?

automacao

A automação residencial é uma revolução na arquitetura ao incorporar a tecnologia ao design inteligente das residências. Assim, as casas inteligentes podem operar de forma automatizada graças a sistemas tecnológicos de gestão de energia, comunicações, segurança e bem-estar interior.

O objetivo final da arquitetura de automação residencial é melhorar a habitabilidade da casa, por isso deve ser projetada desde o início do processo de construção para se adaptar às necessidades de cada espaço e família.

Vamos ver em que consiste e em que áreas permite controlar a casa, bem como as suas principais vantagens.

O que é arquitetura inteligente?

O fato de a automação residencial integrar a tecnologia ao edifício torna essencial que o projeto seja concebido desde o início sob esses princípios. São elementos que definem cada espaço de acordo com as necessidades específicas de controle, gestão, economia, conforto interior e segurança do lar.

Assim, permite o controle de diferentes áreas arquitetônicas da casa. Veja os principais:

Iluminação. Permite conectar-se a quase todos os aparelhos de uma casa para conseguir o controle da luz de qualquer ponto, mesmo aqueles com baixo consumo. Assim, é consumida apenas a luz necessária e ainda incorpora temporizadores, sensores de presença ou programação horária.

Temperatura e ventilação. A automação residencial também permite controlar sistemas de ar condicionado, pavimento radiante, caldeiras, etc., programando temperaturas específicas em faixas horárias. Também permite abrir ou fechar janelas remotamente e incorporar sensores que detectam a chuva ou o sol.

Aquecimento. Entre outras coisas, a arquitetura inteligente permite que o aquecimento seja programado em um determinado horário para atingir a temperatura ideal antes de chegar em casa.

Acessibilidade e segurança. O acesso à casa pode ser feito por meio de cartões eletrônicos em vez das chaves tradicionais e pode ainda ser gerenciado por meio de aplicativos em dispositivos móveis como smartphones com internet móvel.

Vantagens da arquitetura de automação residencial

Poupança de energia. Ao incluir sistemas de controle, como sensores de movimento ou dimmers, o gasto de energia com iluminação e aquecimento é reduzido significativamente contribuindo para pagar menos na conta de luz.

Segurança. A automação residencial permite configurar um sistema de acender e apagar as luzes dentro de casa para simular a habitabilidade durante os períodos de férias.

Adaptabilidade. A arquitetura de automação residencial é especialmente relevante para pessoas com mobilidade reduzida, pois permite uma gestão auto suficiente com base na configuração da casa.

Conforto e flexibilidade. Verificar se esquecemos de fechar bem a porta ou deixamos o gás ligado pelo celular é outra das grandes vantagens da arquitetura inteligente.

Sustentabilidade: permite aproveitar ao máximo a luz natural programando o fecho de cortinas e estores para controlar a luz natural e o calor que entra na casa. Assim, está intimamente relacionado com a arquitetura bioclimática, por reduzir o uso de sistemas de ar condicionado aproveitando o ambiente natural da casa.

Essas são as principais aplicações e vantagens da automação residencial ou arquitetura inteligente, que vão desde sistemas de iluminação e ar condicionado até sistemas de vigilância, irrigação ou até mesmo de prevenção de incêndios.

Para que a sua utilização seja ideal para o usuário, é imprescindível o trabalho da equipa de arquitectos, que farão um projecto de acordo com as necessidades específicas de cada unidade familiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *